segunda-feira, 26 de janeiro de 2015


Bastante é namorar,
mais do que bastante é casar.

Bastante é casar,
mais do que bastante é divorciar.

Bastante é divorciar,
mais do que bastante é casar de novo.

Bastante é trair o marido,
mais do que bastante é trair o amante.

É como dizia alguém:

Nunca sabemos o que é bastante enquanto não
soubermos o que é mais que bastante.  

==



Viver é enquanto

Correr pra quê
O negócio é o caminhar
O destino não muda de lugar

==


Nenhum comentário: