segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Amor gostoso

Liberado, leve e solto
Como uma pipa no ar
Deliciando na vastidão
Com a cumplicidade da nuvem
Sou eu absorto no seu amor
Saboreando seu jeito dócil
Que me faz flutuar
Na leveza do seu ser


==

Renovação

Ruga aparece
Beleza fenece
Da sua aparência não sou pendente
Mas meu amor cresce
lhe fazendo plástica constantemente

==

Divórcio

Tentei, não deu,
Cada um no seu lugar.
Rio, chorando, voltando do mar.

==


Sexo nojento e traumatizante

Sem nada a dizer, sem vontade de viver
Abre as pernas para o marido desgraçado
Gozar pra morrer - Ejacula cão


Nenhum comentário: