segunda-feira, 14 de abril de 2014

Quem não se perde de amor, se acha na dureza da razão.

==


Engano de quem pensa que me gabo de ser mulherengo e livre. Pudera eu ter uma mulher que me marcasse como dela e me mantivesse num espaço que ela dominasse.

Nenhum comentário: