quinta-feira, 26 de junho de 2014

Conhecemos num site
Nem parecia que iria fluir
Hoje não tiro você da mente
Minto!
Não tiro você do coração
Hoje ligar o computador
Acessar a Internet
É mais que um entretenimento
É sair do sonho
E mesmo no virtual
Está sendo parte da realização
Sou aquele que ainda se faz de amigo
Mas de amor por você estou morrendo
Será que podemos deixar isso perder?
Mais do que meu computador
Para lhe acessar
Formatei meu coração
E hoje o espaço do HD Homem Deslumbrado
Só cabe você
Email é pouco, Msn melhor
Mas quero você de verdade

Venha amor (perdi o medo de lhe chamar assim)

Nenhum comentário: