quarta-feira, 23 de abril de 2014

Lá fora um carro de propaganda toca uma música brega onde fala de um sofrimento de um homem que perdeu a mulher amada. Muitos têm pena desse homem, mas muitos tem inveja dele. Há muitos que não amaram e que não tem lágrimas prontas por não ter por que chorar.

“Nunca teve amor, Não sentiu o calor de alguém. Nem sequer ouviu a palavra carinho,”.

==


Há momentos em que a razão seria nossa, mas agimos de forma tão intempestiva e impensada que perdemos o mérito... com toda a razão.