quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Nós, humanos.

Há pessoas ladinas, que sabem o que esperamos delas, e, para não nos decepcionar, tendo em vista isso apenas como parte de seus planos para conseguirem exatamente o que pretendem de nós, acabam "confirmando" as nossas expectativas.

(Os oportunistas)

Há pessoas de personalidade vulnerável, que revelam exatamente o que esperamos delas; mas são sentimentos impingidos e projetados pela nossa exigência, e não sentimentos de descobertas interiores próprias.

(Os fracos e superficiais.)

Há pessoas que não correspondem às nossas expectativas e nem fazem a mínima questão para isso acontecer.

(Os indiferentes)

Há pessoas que forçam situações somente para nos contrariar sem um motivo aparente.

(Os inimigos e os chatos)

Há pessoas que preocupam com a gente indiferentemente de nossa maneira ou comportamento, porque acham que podem nos melhorar.

(Os que nos amam)



==