sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

Amar é passar-se por bonzinho e tirar do outro o que precisa? Deve ser. Todo mundo faz igual.

Ninguém ama e numa troca de conveniência implícita se declaram apaixonados.

==


No máximo, no máximo, estamos no inferno com meia dúzia de capetinhas que dá pra conviver. Assim é o mundo.

Nenhum comentário: