segunda-feira, 20 de abril de 2015

As fantasias não se tornam reais porque encontram um “quê” de prazer nelas, o que é suficiente para neutralizar vida de verdade.

==

É preciso sair dos próprios sonhos para realiza-los, mas muitos sufocam com o ar da realidade.

==

Quem tirou um besourinho que agonizava afogando numa poça d’água que ficou acumulada num cantinho da casa; quem tirou aquela casca de banana que estava no passeio; quem atravessou o idoso na rua movimentada...

Há pequenos gestos grandiosos que mostram os verdadeiros heróis!

==

No capotamento da curva do inesperado se fazem vítimas necessárias.

Nenhum comentário: