terça-feira, 30 de junho de 2015

Tem gente que sabe que lá no fundo o trem tá sujo, mas conquanto que a superfície não comprometa, boia nela.

 ==

Arroz e feijão tem gosto de arroz e feijão, mas para quem não tem outra coisa para comer, arroz e feijão tem gosto de vida.

==







segunda-feira, 29 de junho de 2015


Sempre tem alguém que aparecerá e oferecerá algo melhor do que oferecemos, inclusive nosso amor, mas se amarmos o suficiente, deixaremos a impressão de sermos insuperáveis.

==


Cirurgias, cremes e outros artifícios não naturais que lhe roubam a identidade do corpo?

Não sabe que a feiura que a natureza esculpe a sensualidade verdadeira?

Não conformar em envelhecer naturalmente e não conformar com o desgaste do viver não seria alguma ingratidão com os deuses?





domingo, 28 de junho de 2015

Não tem como não ser prisioneiro do sistema, mas alongar o tamanho da corrente que nos prende pelo calcanhar, pode.

==

Não é porque o outro foi pior que você tem que se resignar com esse que também não é bom.

==

sábado, 27 de junho de 2015

Que seja para um novo sofrimento, mas continuar no atual é sofrer com monotonia.

==

O melhor remédio é não perder tempo nenhum!

sexta-feira, 26 de junho de 2015

Como certas mulheres, há guloseimas que sabemos ser gostosos pelos próprios ingredientes que os compõem, mas não basta estar certo disso, é preciso degustar e se possível, empanturrar, não é?

==


Você só soube de beijos comuns, aqueles apenas que umedecem os lábios, por isso princesa desencantada seus castelos de sonhos desmoronaram.





quinta-feira, 25 de junho de 2015


Quem não oferece o colo e não tem paciência de domesticar é o primeiro a reclamar da selvageria do outro.

==

Se você quebrou o braço numa queda na cozinha e o médico lhe disser para evitar pancadas no mesmo local, ele estará falando do seu braço, não da cozinha.

Não deixe de cozinhar, amiga...um braço quebrado hoje, a perna amanhã, o importante é que, com queda ou sem queda, o fogo queime e o banquete aconteça.



quarta-feira, 24 de junho de 2015

Não adianta amar demais e cobrar uma alta taxa por isso. A pessoa vai embora para ser menos amada, mas de graça, em outro lugar.

==

A tentativa de ser feliz faz a gente errar demais, e quando se está relacionando isso exacerba. O casal não deveria separar por pouca coisa. Deveria fazer isso só se os erros forem coisas monstruosas. Erros vencidos intensificam o amor.

terça-feira, 23 de junho de 2015

Quantos relacionamentos que ainda sobrevivem de um amor estacionado, feito um carro esquecido na garagem que ninguém sabe se vai funcionar mais?

==

Se eu agisse mecanicamente conforme o manejo do controle-remoto eu seria um robô bem amado, mas eu sinto, eu choro, eu quero saber, por isso sou um ser humano ignorado.

segunda-feira, 22 de junho de 2015

Alguém tirou você de você mesma, não soube o que fazer e agora você não sabe se resgatar?

Então você acha que esse é o motivo que tem para odiar alguém?

==

Disse-me um mendigo outro dia: “Um friozinho aqui, nada para comer um dia ou outro, mas o importante é que quase sempre me sinto muito feliz”.

Pois é, e você, aquecido, tendo o que comer todos os dias, quase sempre se sentindo um desgraçado, não é?

E como a gente tem vontade de largar tudo e sair por aí sem compromisso com nada, hein?! Se a gente tivesse a coragem de se aventurar por aí, poderia até sentir frio no corpo, mas vai ver que a alma viveria mais aquecida.

==



domingo, 21 de junho de 2015

Assustador e fantasmagórico mesmo é o monstro que você mesmo criou e não se deu conta, pois ninguém conseguirá exterminá-lo senão você mesmo.

==


A sua zona de conforto lhe protege também do amor. Cuidado!

sábado, 20 de junho de 2015

Calma aí, não se apavore, são assombrações que erraram o caminho e lhe assustaram por acaso.

==

Eu não acho que temos que esperar a maré baixar, acho que devemos é aprender navegar em águas turbulentas, porque a vida é agora.

   

sexta-feira, 19 de junho de 2015

Dentro de cada um de nós, com certeza, existe um ser independente, que age à revelia sem a nossa permissão, talvez por isso nunca nos corrigimos totalmente. Eu acho que esse ser nunca deve ser banido de nós. Ele é o responsável pela nossa verdadeira personalidade. Ele se recusa a ser inventado pelos outros.

==

Você tudo pode: Amar, odiar, beijar, cuspir, atiçar fogo, afogar, afagar, ascender, declinar, avivar, suicidar.

Você é a fronteira do tudo e do nada!


quinta-feira, 18 de junho de 2015

Jaz insepulto e se deixa ser devorado pelos vermes do pessimismo, do medo e da covardia? A vida é uma marcha para o túmulo, mas não é o túmulo.

Aí jaz, quem não jazeria, se já não jazesse a coragem, a confiança e a fé. Ressuscite, ó homem!  Tire proveito dessa caminhada, ela é extraordinária e prazerosa, sim. Você, sufocado pelo odor de sua decomposição é que não se dá conta disso. Vamos! Ainda há tempo! Se desinfete com o álcool do amor, da fé e da coragem e faça dessa marcha o legado de que valeu à pena ter estado por aqui.

==


Se esse demônio que lhe habita morresse, mas não, ele só dorme. Entende agora porque não confio cegamente em você?

quarta-feira, 17 de junho de 2015

Não culpe o destino, ele apenas conduz. O destino não arrasta ninguém. Bem lá no fundinho você queria ir!

==

Medo da vida, medo da morte, medo de Deus, medo da falta de Deus, medo do amor, medo do ódio, medo do...


O contrário de felicidade é medo. Só não somos felizes, porque somos medrosos.

terça-feira, 16 de junho de 2015

Independentemente da dedicação e da perícia no cuidado da conservação do jardim, haverá espinhos que nos arranharão a mão, a perna e o peito.

O amor dar prazer, vibração, sossego, arranha, sangra e dói, mas quem não quer ferir no verdadeiro sentido da vida?

==


Amar é perder em si, se encontrar no outro e não sentir desprotegido fora das próprias muralhas.

segunda-feira, 15 de junho de 2015

Sabe quando estamos em estado de graça com a gente mesmo? É conhecido por aí como paz interior. Como alcança-la? É muito pessoal, cada um encontra a seu próprio modo, mas, se não engano, sem amor todos se perdem na busca.

==

Nunca chore risos.


A vida é sentir dor e prazer, mas... Sem máscaras.

domingo, 14 de junho de 2015

Já estamos no meio do ano e você não percebe que continua grudado na gosma nojenta da mesmice.

==

Armamos quem amamos contra nós mesmos.


A gente concede certos direitos que não deveria.

sábado, 13 de junho de 2015

Se não apaixonou por mim enquanto eu lagartava, agora borboletarei noutras freguesias, filha de uma égua!

==

Eu sou desequilibrado, não ordenado, porém muito apaixonado, mas já perdi pessoas que fugiram de mim por isso. Não sou um homem harmônico.

sexta-feira, 12 de junho de 2015

A morte vivida em vida é a única maneira de saber dela, portanto...

Pare de “desviver".

==

... E eu não fui feliz no final.

Que sorte a sua. Há quem não foi feliz nem no começo.

==

quinta-feira, 11 de junho de 2015

Não dá pra ser previsível e coerente sendo a vida um movimento constante, mas temos uma essência que predomina.

==

Sempre encontramos alguém que quebra o nosso coração e conseguimos nos refazer com novas emoções, mas ironicamente pode ser justamente aquele que nos refez por um bom tempo o causador de uma nova quebra, mas que dura toda a eternidade.

==




quarta-feira, 10 de junho de 2015

Pensamos com legenda. Alguém escreve o que sentimos. Somos explícitos demais

==

Procurar respostas e analisar perguntas pra quê? Melhor ignorar, não perder tempo, viver.

==




terça-feira, 9 de junho de 2015

Mesmo diante da conturbada rotina, sempre haverá uma beiradinha para o amor e para a poesia, por isso, será fascinante estar por aqui.

==

Se eu simplesmente escrever aqui que te amo talvez você gostasse, se disser que te amo muito, você já ficaria desconfiada, mas mesmo se eu dissesse uma e outra. não faria você entender na simplicidade literal das frases, o que sinto. Apesar de ser um clichê, mas verdadeiras, você entenderia de um amor como já teve ou como já tive um dia. Não ficaria registrado nas frases o comportamento também do meu estado físico diante da realidade dessa declaração. Minhas sensações estão além do que eu podia postar aqui. Meu coração está acelerado trabalhando dobrado para acompanhar o ritmo alucinante do sangue que ziguezagueia veloz para, bombeado, oxigenar meus órgãos que latejam febril no descompasso de todo o meu interior.

Então saiba, minha doce mulher, que tentei o impossível ao querer fazer que você compreendesse o que tentei dizer, mas que me tornei um poço de sensações, sentimentos e desejo e que essas coisas latejam em meu corpo e na minha alma me tornando um ser extremamente apaixonado.

Não, não, eu estou ciente de que não sou aquele homem tranquilo e sereno que ama pelas beiradas como você idealiza, gosta e deseja para relacionar. Eu não sei amar com educação. Eu te amo, mas...aguardo, não o mesmo amor de volta, eu sei, mas o... Adeus. Eu sei.

segunda-feira, 8 de junho de 2015

Vai comer doce, pois seu nervosismo e impaciência esse mês passou dos limites, menstruosa criatura.

==

Cuidado com excesso de calmaria. Não confunda isso com paz. Ás vezes é artimanha do diabo para apodrecer as pessoas.

==





domingo, 7 de junho de 2015

A assombração nunca aparece para quem não acredita nela.

 ==

Falso movimento

Há quem dá dois passos para trás e dois pra frente e reclama de não sair do lugar.


sábado, 6 de junho de 2015

Ser racional e equilibrado é fazer a escolha socialmente correta e não a que faz o coração vibrar?

Uma mentira travestida de reputação e sociabilidade?

==

Comportamento forçado e aceitação mentirosa é morte travestida de vida.

sexta-feira, 5 de junho de 2015

Amar alguém é o combustível que nos tira da imobilidade. Levar para onde? Não importa. Sair de si é a única forma de viver de verdade.

==

O amor é um mar calmo navegável, mas nos deixamos levar pela paixão que seduz, provoca, convoca e mesmo sabedores do possível naufrágio, sem botes, somos incitados para o alto (a)mar.

quinta-feira, 4 de junho de 2015

O moral? O correto? Pode ser que sim, mas para o meu senso e não para as regrinhas que foram listadas e distribuídas a mando de deuses humanizados que não passam de uns robôs programados para neutralizar vidas.

==

O âmago? O suprassumo? O ápice?

Só se chega nesses lugares através de doses grandes de ousadia, mas sua religião não permite.



Chegar á morte sem sugar a seiva da vida?



quarta-feira, 3 de junho de 2015

Saí da sua vida e ainda não conseguiu o sorriso frouxo? Vai ver que é o diabo que está lhe protegendo de mim.

==

Que decisão masoquista e desgraçada é essa sua já que escolheu o “doer menos” enquanto deveria se rebelar, tomar uma atitude que poderia até levar para o “doer mais” lá na frente, mas também com um grane chance “ de não doer mais”?

O “antes era ruim” era melhor do que o “é melhor do jeito que está”, mas seu orgulho e medo não deixarão você mudar para ser melhor do que tudo que já foi um dia.

terça-feira, 2 de junho de 2015

Mulher não pode comer feijoada. Ela empanzina, fica feia e enjoada.

==

Não crie caso, pois encontrará inimigo e uma luta ignóbil; crie uma causa e encontrará lutadores e amigos imprescindíveis.



segunda-feira, 1 de junho de 2015

Você reclama de ter sido usada como um objeto e depois devolvida arranhada e funcionando mal, mas é assim mesmo. No amor ninguém entra se emprestando e recomendando cuidados. Entra se dando e assumindo o risco da entrega.


==

Conivência

Se você tem um relacionamento próximo com alguém que deixa o dinheiro tomar o lugar de Deus, não seria você também um servo do diabo?