terça-feira, 30 de junho de 2015

O seu problema é detectar só o que flutua na superfície e não tem a coragem de um pequeno mergulho, o que seria o suficiente para enxergar o que se escancara lá no fundo.

 ==


Arroz e feijão tem gosto de arroz e feijão, mas para quem passa fome, arroz e feijão tem gosto de vida.




segunda-feira, 29 de junho de 2015


A gente reclama das ninharias que a vida oferece e vai jogando tudo pelo caminho, mas há aqueles que não queixam e guardam esses pedaços que formam o inteiro desejado.

==


Sempre tem alguém que aparecerá e oferecerá algo melhor do que oferecemos, inclusive nosso amor, mas se amarmos o suficiente, deixaremos a impressão de sermos insuperáveis.

domingo, 28 de junho de 2015

Não tem como não ser prisioneiro do sistema, mas alongar o tamanho da corrente que nos prende pelo calcanhar, pode.

==


Não é porque o outro foi pior que você tem que se resignar com esse que também não é bom.


sábado, 27 de junho de 2015

Que seja para um novo sofrimento, mas continuar no atual é sofrer com monotonia.


==

O melhor remédio é não perder tempo nenhum!


sexta-feira, 26 de junho de 2015

Não importaríamos tanto com os fatos em si, mas agimos intempestivamente para nos mostrar ostentosos e superiores para as pessoas.

Se não fosse o excesso de ego e a falta de personalidade, lidaríamos com mais sensatez, humildade e tranquilidade com tudo e nos aborreceríamos bem menos.

==


Como certas mulheres, há guloseimas que sabemos ser gostosos pelos próprios ingredientes que os compõem, mas não basta estar certo disso, é preciso degustar e se possível, empanturrar, não é?

quinta-feira, 25 de junho de 2015

Deus lhe protege do diabo. É o suficiente! Se vira! 
Viva! 
Se quer proteção para tudo, nada melhor como morrer.

==

Não é melhor do jeito que está, mas sua covardia lhe convencerá disso.

quarta-feira, 24 de junho de 2015

Nem sempre o sucesso estar no conseguir.

Corra atrás do que lhe faz vibrar. Se é pouco, se é muito, se é demais, não importa.

Corra atrás e verificará que o que for recebendo pelo caminho são pedaços do todo que formará o inteiro que você imagina precisar.

==


Gritar por gritar e se perder num eco curto? Faça um barulho que valha à pena!

terça-feira, 23 de junho de 2015

Nunca se quebra a cara quando se faz o que o instinto manda. Às vezes nãos sai como se imagina, mas ainda assim estará saciado um desejo que latejou no nosso ser.

==


Não sofro da incerteza de amanhã porque meu hoje me ocupa executando o que me provocou ontem.

segunda-feira, 22 de junho de 2015

Alguém tirou você de você mesma, não soube o que fazer e agora você não sabe se resgatar?

Então você acha que esse é o motivo que tem para odiar alguém?

==

Disse-me um mendigo outro dia: “Um friozinho aqui, nada para comer um dia ou outro, mas o importante é que quase sempre me sinto muito feliz”.

Pois é, e você, aquecido, tendo o que comer todos os dias, quase sempre se sentindo um desgraçado, não é?

E como a gente tem vontade de largar tudo e sair por aí sem compromisso com nada, hein?! Se a gente tivesse a coragem de se aventurar por aí, poderia até sentir frio no corpo, mas vai ver que a alma viveria mais aquecida.


É preciso mais do que irresponsabilidade para certas decisões.

domingo, 21 de junho de 2015

Tristeza e dúvida quase sempre, mas os lampejos de amor e alegria suplanta tudo e nos dá motivação para viver.

==


Assustador e fantasmagórico mesmo é o monstro que você mesmo criou e não se deu conta, pois ninguém conseguirá exterminá-lo senão você mesmo.

sábado, 20 de junho de 2015

Exagerado e comprido demais, não, acréscimos desnecessários necessários para, na concessão, ter o tamanho ideal no consentimento final.
==


Por que alguém nos fez o mal ou nos deseja mal?

Até onde vai a nossa culpa ou inocência?


E o nosso desejo de vingança é uma reação natural ou uma deformidade de caráter?

sexta-feira, 19 de junho de 2015

Dentro de cada um de nós, com certeza, existe um ser independente, que age à revelia sem a nossa permissão, talvez por isso nunca nos corrigimos totalmente. Eu acho que esse ser nunca deve ser banido de nós. Ele é o responsável pela nossa verdadeira personalidade. Ele se recusa a ser inventado pelos outros.

==

Você tudo pode: Amar, odiar, beijar, cuspir, atiçar fogo, afogar, afagar, ascender, declinar, avivar, suicidar.


Você é a fronteira do tudo e do nada!

quinta-feira, 18 de junho de 2015

Jaz insepulto e se deixa ser devorado pelos vermes do pessimismo, do medo e da covardia? A vida é uma marcha para o túmulo, mas não é o túmulo.

Aí jaz, quem não jazeria, se já não jazesse a coragem, a confiança e a fé. Ressuscite, ó homem!  Tire proveito dessa caminhada, ela é extraordinária e prazerosa, sim. Você, sufocado pelo odor de sua decomposição é que não se dá conta disso. Vamos! Ainda há tempo! Se desinfete com o álcool do amor, da fé e da coragem e faça dessa marcha o legado de que valeu à pena ter estado por aqui.

==

Medo da vida, medo da morte, medo de Deus, medo da falta de Deus, medo do amor, medo do ódio, medo do...


O contrário de felicidade é medo. Só não somos felizes, porque somos medrosos.

quarta-feira, 17 de junho de 2015


Não culpe o destino, ele apenas conduz. O destino não arrasta ninguém!

Lá no fundinho, você queria ir, sim.

O destino se faz de perdedor para quem reluta.

==

Escutar, escutar e escutar, ainda que não concorde com nada que ouve, mas deixar o outro fluir e sentir dono absoluto da opinião.


A antipatia nasce da nossa incapacidade de absorção.

terça-feira, 16 de junho de 2015

Independentemente da dedicação e da perícia no cuidado da conservação do jardim, haverá espinhos que nos arranharão a mão, a perna e o peito.

O amor dar prazer, vibração, sossego, arranha, sangra e dói, mas quem não quer ferir no verdadeiro sentido da vida?

==

Antes de esquentar sentimentos congelados pergunte-se da capacidade de mergulhar em águas desconhecidas sem equipamento apropriado.


É preciso conhecimento profundo de caso e não só curiosidade para certas explorações.

segunda-feira, 15 de junho de 2015

No amor todos se acham e nem todos queriam se encontrar, talvez por saber que são poucos os que se recompõem depois. E esse é o risco, ficar louco, mas para viver de verdade, o que necessariamente exige amar e ser amado, é preciso chegar nesse divisor de águas.


==

Não respeitamos quem não conseguiu nos amar, pois logo justificamos, no outro, o problema do abandono. 

Somos convencidos, arrogantes e presunçosos. 


Não somos amados de verdade porque não somos humildes.

domingo, 14 de junho de 2015

A felicidade não entra, ela ronda e serve como uma carapaça protetora já que é algo espiritual, mas para alguns felicidade é algo mundano, palpável, explícito e penetrante, por isso destrói a carapaça esperando a verdadeira felicidade chegar e a tristeza, mascarada, se instala, entra fundo, se faz de boazinha e depois se manifesta com a sua verdadeira característica.

==

O segredo é tocar os corações das pessoas, pois só assim, como um código secreto, o nosso coração automaticamente se abrir para ser explorado também.

Ainda que a exploração pareça não valer à pena, é imprescindível ter o coração tocado para se continuar vivendo com vibração.


Sentir, sentir, sentir, no começo às vezes dor, mas maleabilidades para o amor se instalar.

sábado, 13 de junho de 2015

Dizem que nosso estado de espírito é que faz a gente achar o outro interessante ou idiota e não o estado de espírito do outro. Mas ontem eu achei fulano besta e sicrano simpático. Já hoje achei os dois bestas.

Levando em consideração que meu estado de espírito não mudou com relação a fulano, não seria então diferente hoje o estado de espírito de sicrano e não o meu?

==


Se não apaixonou por mim enquanto eu lagartava, agora borboletarei noutras freguesias, filha de uma égua!

sexta-feira, 12 de junho de 2015

Antes do amor a vida é calma e tranquila, mas trocamos tudo pela turbulência que provoca uma vibração na alma motivada pela sensação do estar apaixonado.

Paz é amor? Sim, mas o amor consolidado, aquele mesmo que era uma paixão e que foi transformado e não extinto.


==

A gente tem boa intenção, a gente quer o amor, a gente cuida, mas a gente se esquece de que fazemos isso por nós mesmos e não pelo outro. Sendo assim, por mais que façamos, fica algo fundamental que o outro não absorve e que é vital para sermos acolhidos de verdade no coração do outro.


Choramos e culpamos o outro de oportunista e mentiroso, mas nem sabemos que nunca o amamos de verdade.

quinta-feira, 11 de junho de 2015

Divórcio

Tentei, não deu,
Cada um no seu lugar.
Rio, chorando, voltando do mar.

==

Casa geminada

Sem precisar saltar a cerca,
Sei de tudo, até dos pormenores.
O marido parece ser eu!

quarta-feira, 10 de junho de 2015

Pirlimpimpim

Caramba, o que aconteceu?
O dia é igual o de ontem, mas hoje tá maravilhoso!
Onde encontrei o toque mágico?

==

Sexo nojento e traumatizante

Sem nada a dizer, sem vontade de viver
Abre as pernas para o marido desgraçado
Gozar pra morrer - Ejacula cão

terça-feira, 9 de junho de 2015

Amante

Sou casado, você me quer
Tudo bem, mas aceite seu lugar
Restos de espermas e de tempo

==

Só você não percebia

Era premeditado
Já tinha hora de partida
Você eternizando, ela maquinando o fim


segunda-feira, 8 de junho de 2015

Enlouquecendo por um amor que já foi

Preso a um punhado de tristeza
Amo quem não mais existe
Sei que estou a caminho da loucura

==

A fonte secou

Sede saciada na sua boca
Boca que não mais me pertence
Últimas palavras de um desidratado


domingo, 7 de junho de 2015

Escalada

Dedos passeando pelos seus seios everestes
Subindo até alcançar o monte de vênus
E descansando no vale do prazer

==

Como ela pode ter ido embora?

Foi tanto amor, tanta intensidade
Era muito sentimento compartilhado

Como ela pôde ter esquecido?

sábado, 6 de junho de 2015

Por mais que doa muito e parece que vai até matar...
Não mata!

No máximo um tempinho para depuração e “vamo que vamo” que lá na frente teremos novas dores, mas antes, muitos prazeres.

==

Não é que não tenha respostas, mas são perguntas elaboradas por pessoas que fazem conjecturas e não são práticas, entende?


Um pessimista e covarde sempre cria algo para justificar sua passividade.

sexta-feira, 5 de junho de 2015

Ainda que sem sentimentos que vibram no nosso interior, há de se ter uma carapaça protetora e opaca para gerar uma curiosidade nas pessoas, para sermos pelo menos invadidos, para que nessa dificuldade que impusermos, passarmos a impressão de que temos algo substancial no nosso conteúdo.

Estar vulnerável, transparente e se mostrando vazia? Quem vai aproximar?

==


... E nesse papo de achar que somos senhores absolutos de nós mesmos, nos povoamos de todo o ego e não deixamos escapar nenhuma simpatia e leveza.

quinta-feira, 4 de junho de 2015

Só quem tem a sensação de um grande vazio nas coisas é que sofre de verdade, mas é também quem vibra de felicidade e sente prazer real nos intervalos desses vazios.

==

Paz demais é algo parecido com morte. Há de se ter o espírito perturbado para a vibração do viver.



quarta-feira, 3 de junho de 2015

Saí da sua vida e ainda não conseguiu o sorriso frouxo? Vai ver que é o diabo que está lhe protegendo de mim.

==

Que decisão masoquista e desgraçada é essa sua já que escolheu o “doer menos” enquanto deveria se rebelar, tomar uma atitude que poderia até levar para o “doer mais” lá na frente, mas também com um grane chance “ de não doer mais”?


O “antes era ruim” era melhor do que o “é melhor do jeito que está”, mas seu orgulho e medo não deixarão você mudar para ser melhor do que tudo que já foi um dia.

terça-feira, 2 de junho de 2015

Mulher não pode comer feijoada. Ela empanzina, fica feia e enjoada.

==

Você pode ofertar sexo, pode ofertar amor, pode ofertar só sexo, só amor, você pode ofertar sexo e amor, mas o que há de se saber é o que o outro anda precisando, né não?

segunda-feira, 1 de junho de 2015

Você reclama de ter sido usada como um objeto e depois devolvida arranhada e funcionando mal, mas esqueceu de que entrou num amor como se tivesse se emprestando.

No amor há de se dar por inteiro para fazer com que quem nos receba tenha certeza da nossa posse, pois só assim seremos conservados para ser um brinquedo vital para a felicidade de alguém.

==


Complicado e moroso não, sou intenso e muito povoado de sentimentos, por isso demoro um pouco para saber que parte de mim posso lhe ofertar