sexta-feira, 17 de julho de 2015

Situações de faz de conta numa vida tão curta? Não, não, quero viver intensidades e verdades. Que eu sofra mais do que outras pessoas em certas circunstâncias, mas que goze muito mais noutras, mas viver de mentirinha?

==

Eu sou aquele sujeito antipático que não faz questão nenhuma de agradar os outros em detrimento de ser infiel a si próprio.

==

Virtuosidade é virtuosidade, virtualidade é virtualidade, mas partimos da premissa que somos  pessoas do bem.


==
  

O Charles verdadeiro está escondido dentro de mim, portanto você ama o Charles estereotipado que você criou e um pouco do Charles mentiroso que foi forçado a se mostrar. Você não me ama de verdade, não pela falta de seu amor, mas pela minha inexistência.




Nenhum comentário: