quinta-feira, 9 de julho de 2015

Ceder, ficar maleável, entender as diferenças, mas não chegar ao ponto de mudar a essência para socializar e relacionar. Estar pleno de si sem muito ego, é isso.

==

Não é que acabou, pode ter apenas ficado mecanizado. Acostumar é algo perigoso. Tudo precisa de renovação e ineditismo, até mesmo o amor.


Não basta ser bom o tempo inteiro, tem que ser bom de maneiras diferentes.

Nenhum comentário: