sábado, 7 de novembro de 2015

Não sabemos quem somos nós de verdade e temos medo de ir lá fundo nos conhecer mais de pertinho.

==

Praça do Rio Branco. Comece por lá e ninguém dirá que você não tentou recomeçar, seu Marco.

==
Acordar todo mundo acorda, mas poucos têm satisfação de sair da cama e movimentar corpo e alma.

Para você, o amanhecer e o despertar são convites para o prazer?

==

Entre velas, no escuro imposto pela queda de energia, a televisão não funcionava, deixando aquele casal na penumbra, sem o entretenimento que encobria a indiferença que existia, deixando claro que os dois também já estavam desenergizados, sem forças para depois, na luz da verdade, continuar com algo que já tinha acabado.

Nenhum comentário: