terça-feira, 17 de novembro de 2015

O que você tem por certo pode não ser nada do que imagina. Por isso o julgamento, mesmo ainda que o outro esteja errado, deixe a encargo de Deus, principalmente quando o outro é alguém que não é próximo de você, não tem nada a ver com você. Você não tem o direito de achar isso ou aquilo, ou, se acha que tem, que fique para você e não disseminar isso para outros e querer apoio para o seu julgamento, embasado apenas no seu jeito "gentalha" de ser.

==

Há relacionamentos e relacionamentos. Ela passou na minha vida, mas deixou um pouco de sua alma que já se misturou com a minha. Acabou, mas nunca acabará. Fica uma promessa no ar. Futuro, mesmo sendo a vida só o agora? Não sei. É um turbilhão de sentimentos.

==

Você tem medo de ficar só e um medo maior ainda de ficar mal acompanhada e sofrer de novo, não é?

==


O útero expele, a flor desabrocha, o suor elimina dejetos de nitrogênio. Só sua alma pode ficar sufocada?

Nenhum comentário: