quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Pode ser que você chegue do outro lado, pode ser que não, mas você tem que entrar nesse barco furado e arriscar a travessia nesse rio abissal. Você quem? Você que se dispôs a amar!

==

Uma cachorrinha me ama. Um amor puro. Ela balança o rabinho, ela morde devagar, ela lambe, ela demonstra felicidade. Uma cachorrinha faz a vida ter sentido pra mim.

==

Por que não ser quente, gostosa, feito um pão novinho acabado de sair do forno?

Por que aceitar ser vista e comida como um pão dormido?

==

Então você se reprime, se dá em gotinhas e acha que está se preservando?

Da vida? Do amor?

Nenhum comentário: