terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Destino ou coincidência?

Todo mundo tem a ver com tudo. Há uma corrente invisível que liga um ao outro.

==

Suicida, desgraçado, covarde, sei lá o nome que se dá para quem acostuma com o que não lhe faz feliz.

==

Você conseguiria amar alguém que pede para esperar as coisas se assentarem?

==

Não é que algumas pessoas se contentam com pouco, mas pra quem vivia como um peixe fora d’água, sente aquele aquário com um oceano, entende?

Nenhum comentário: