sábado, 12 de dezembro de 2015

“ E aí, mantendo a pose?”

Cumprimentei uma conhecida assim apenas fazendo gracinha, mas foi o suficiente para ela fechar a cara e dizer:
Pose? Que pose? Vá à merda, idiota!

Alguém pode me dizer o porquê desse ódio dela?


==

Tem que ser do meu jeito, tem que ser do seu jeito, tem que ser do jeito do outro, se não for assim, não compensa viver!

O segredo da felicidade é procurar pessoas quem afinam com o seu jeito.

Esse papo de conviver com opostos é coisa de livro de autoajuda.

==

Se não está transparente e explícito, por que você não embrenha, explora e suga esse sentimento para ver no que vai dar? E se explodir amor na sua cara? Não terá valido à pena?

==

Será que as pessoas são fechadas por frieza e indiferença ou por um medo danado de uma entrega que explicitaria demais? Tem medo da fragilidade que o amor nos causa?

Nenhum comentário: