sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Tenho pegada, sei o que dizer, não sou feio e nem chato, por que então eu iria prometer, antes da hora, amor eterno e um relacionamento sério se ela cederia aos meus encantos de qualquer jeito?

Deu porque deu. Cafajeste, eu?

==

O que temos que fazer é apenas saber transpor e aguentar firme o efeito curador do remédio, mas sem essa de que obstáculo faz a gente ser mais forte e que aprendemos com a dor. Aprendemos o que? Nada! Apenas nos atrasamos e rimos menos na fase complicada.

==

Ninguém é culpado sozinho. Erram com uma concordância quase inconsciente de nossa parte.

==

A gente implora amor, mas... Como se oferecesse.




Nenhum comentário: