terça-feira, 28 de abril de 2015

Um urubu no seu voo livre e alto não lembra carniça, lembra liberdade. 

==

No amor ou em qualquer outra situação, você nunca faz um pouquinho a mais que poderia fazer toda a diferença. Simplesmente porque fica indignado e se perguntando: Por que eu?

O seu ego está jogando contra você mesmo. 

==

Quem sou eu?

O mió que tá teno!

==

Os dois ali, cada um com um frasco na mão, numa coincidência horrível do encontro no mesmo laboratório, lembrando instantaneamente de tantos momentos bons vividos que se perderam por causa de uma briga boba, agora ambos comprometidos com alguém que não ama tanto como se amaram, olhando sem graça, um para a cara do outro, doidos para entregar aquele material e sair logo dali para pegar o resultado da bosta que fizeram.