terça-feira, 16 de junho de 2015

Independentemente da dedicação e da perícia no cuidado da conservação do jardim, haverá espinhos que nos arranharão a mão, a perna e o peito.

O amor dar prazer, vibração, sossego, arranha, sangra e dói, mas quem não quer ferir no verdadeiro sentido da vida?

==

Antes de esquentar sentimentos congelados pergunte-se da capacidade de mergulhar em águas desconhecidas sem equipamento apropriado.

É preciso conhecimento profundo de caso e não só curiosidade para certas explorações.

==

Amar é perder em si, se encontrar no outro e não sentir desprotegido fora das próprias muralhas.

==

Cu e dado?

Por medo de tomar no rabo, tem gente que não joga o dado e nem faz apostas maiores na vida.

Use uma bundeira e viva sem cuidados tirando o suprassumo do milagre de viver.