quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Quase ninguém vale à pena, mas temos medo de ficar só e por covardia morremos de amor por alguém.

==

Quase sempre com medo pelo fato de a entrega ter que ser total, mas o amor, amor mesmo, não faz par com quem quer só companhia e sexo.

A alma de quem relaciona pela beiradas é triste. 

==

Você sabe por que tudo dá na mesma, né?

==

Um mato seco que estala com o empurrãozinho do vento, á noite, é um fantasma.