sábado, 5 de dezembro de 2015

Só mantenho as pessoas por perto ou fico por perto porque as acho interessantes ou completamente indiferentes, mas não espero nada delas. A decepção vem disso. Esperar o que e por quê?

==

Você vai e volta, vai e volta, vai e volta, imaginando que será sempre recebido, mas você de tanto ir já treinou quem fica a como ficar sem você. Você volta porque ainda não tem desconfiômetro. Vá com Deus!

==

Pra quem não quer chegar, pra quê saber se está na estrada certa?

==

... Um encontro com alguém que veio por acaso e cruzou seu caminho numa dessas noites; uma cerveja gelada, uma boa música, sexo e conversas que vislumbram um algo mais, , mas aí o dia amanhece e você, na sobriedade e lucidez da claridade se pergunta o porquê de estar nos braços mais uma vez de um homem que não conseguirá amar, não é?