quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

Um contrato implícito de que fulana fará isso, isso e aquilo e fulano aquilo outro, rezando também sexo e alguns outros deveres, mas podem chamar isso de amor, vai ver até que é mesmo.

==


Tem coisa que não tem perdão por si mesma e se o fim não for decretado sumariamente, pior, terá mais mágoa e dor até a compreensão final.