domingo, 31 de janeiro de 2016

Um dia aquela casa linda lá será minha!

Lá, doce lá!

Mas aqui que moro e sou feliz.

Cá, doce, cá, digo, lar, doce lar.

==

Bonzinho e amigo de todo mundo? Quero não!

Prefiro brigar e ter desafetos, ou seja, prefiro ser justo.

==

Em cada rua tem uma casa que encontramos uma mulher solitária, sem amor, excluída, pensativa e triste, esperando um homem que nunca mais queria ver.

==

Uma presença mentirosa é a ausência que mais dói.

Nenhum comentário: