sábado, 12 de março de 2016

Você sempre foi do jeito que eu quis. Eu é que mudei. Eu é que estou indo embora. Eu que não presto. Adeus, amor!

==

Amor é não ter obrigação com nada; amor é assumi responsabilidades como se estivesse gozando prazeres. Se não for assim não é amor, é qualquer outra coisa.

==

O meu silêncio dizia que amava você, mas você absorveu como indiferença de minha parte. Ambos erramos. Eu, por às vezes não dizer em alto e bom som desse amor; você, por conjecturar e confiar além do que devia na sua absorção.

==


Uma mentira que faz bem para alguém e mal nenhum pra ninguém é mais útil que certas verdades.



Nenhum comentário: