domingo, 24 de abril de 2016

...As fronhas ainda úmidas das lágrimas do inconformismo de voltar com os mesmos sonhos para a cama.

==

Mas por que sempre no mesmo horário?
Eu já ouvi alguém dizer que uma hora dá certo!

==


Não basta amar, é preciso surpreender.

==

Não há tempo que a ferida é capaz de fazer esquecer.

==

Nenhum comentário: