quinta-feira, 2 de junho de 2016

Eu sou corajoso, pois moro só e morar só é confessar o tempo inteiro.

==

Ou estou apaixonado ou não estou relacionando, não sei sair amar simplesmente, pois a mudança da paixão para o amor é apenas para o relacionamento ficar suportável e eu não sei amar pelas beiradas como as pessoas aprenderam.

==

Não estou nem cá, nem lá, nem aqui e nem aí, mas sempre presente (lhe perturbando como um fantasma), falei?

==

Há pessoas (usadas pelo destino. Não as culpe e nem as odeie) que aparecem para lhe tirar do lar e do amor. Aparecem com convites tentadores e irresistíveis.

É preciso estar atento para saber se você não está sendo afastado do que mais ama.

==

Nenhum comentário: