segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Se não sabe ou não quer mergulhar, vai ter que lidar com superficialidades.

==

No máximo, perder o encanto, estaria bom demais. Seria o suficiente, mas não, por que ter que odiar?


De uma certa forma faz a gente duvidar desse ódio e até mesmo desse desencanto.

domingo, 30 de outubro de 2016

Há momentos em que o espelho é que nos olha.

==


A morte provoca e se instala, há quem não se aperceba e tem que ser enterrado, não tem jeito.

sábado, 29 de outubro de 2016

Eu já fiz coisas feias usando um grande amor para justificar. Suborno e ameaça travestidos. Já fui um monstro que perdi pessoas maravilhosas por isso, mas o preço da consequência dessas perdas é muito alto. É muito choro, choro seco, choro dolorido. Só me resta um consolo. Ter apercebido disso hoje e de agora em diante amar sem nenhum argumento que não seja apenas o próprio amor.

==


Saia um pouco, veja você de cima e não acreditará que você pode ser tão mesquinho, arrogante e fraco. Se conseguir, voltará melhor.

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

O contrário de ódio não é amor, é paz.

==

Muita dignidade na sua derrota, mas se houve dignidade também na vitória do outro, você perdeu. Simples assim.

Não existe vitória ou derrota, existe dignidade?


Não, existe derrota, vitória e dignidade.

quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Antes morrer queimado por pouco tempo e ser consumido por um amor verdadeiro do que ficar aquecido num amor morno que não é capaz de fazer a gente achar a vida maravilhosa.

==

Sonhar com o impossível muitos sonham, mas gosto mesmo é daquele que corre atrás de um sonho assim e faz dessa busca a sua razão de viver.


Pessoas assim encontram muito mais do que impossibilidades.

quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Sempre cometeremos alguns estragos, Com a gente mesmo e com os outros. Acho que na estrada comum todos tem que andar, mas não se arriscar também a se perder noutro caminho é morrer sem graça demais.

==

Os esquecimentos estão guardados numa caixinha fechada, mas estão lá.

Não dói mais, mas incomoda um pouco ainda.


Esquecer de verdade é raro e é um prêmio advindo de uma vitória que não sabemos.

terça-feira, 25 de outubro de 2016

Nada nesse mundo preenche um vazio que fica. Nem mesmo o amor.

Por que essa lacuna que fica?

A ânsia de preencher esse vazio é que exige vida ou se quer acabar com ela. Por esse vazio nos cuidamos ou nos desprotegemos de tudo.

==


A gente com uma dor que abunda e pereniza, mas vivendo com um sorrisinho mentiroso que encobre o choro abundante, para espantar um altruísta filho-da-puta que quer nos confortar.

domingo, 23 de outubro de 2016

A mulher casa por amor...ao casamento, claro.
O homem casa por casar, espécie de uma consequência de um estado de humor momentâneo.

Antes disso, casam porque têm menos de trinta anos.

==

Você deveria conversar com seus eus e chegar a uma conclusão, pois sempre faz a opção de achar que está agindo com a razão e a paixão simultaneamente e acaba sempre fazendo a metade de alguma coisa.

Faça uma bobagem completa ou faça algo extraordinário completo.

sábado, 22 de outubro de 2016

Vivo de paixões, pois necessariamente elas provocam o orgasmo que preciso sentir para continuar achando maravilhoso viver.

==

Andar perto do mar, andar na floresta, escalar a montanha, andar entre flores, observar os animais, sorrir com meus filhos, gozar numa relação sexual com uma mulher sensível...


Há várias oportunidades de a gente ser feliz.

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Amor é como o perdão, você quer dar, mas não basta o querer, amor também é um acontecimento.

==


As pessoas amam para serem amadas. Como assim? As pessoas amam para receberem tatos físicos e orgasmos. Pelo menos sabem que assim é menos animalesco e o gozo é mais gostoso.

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Aprendi socorrer a quem chora para dentro. Choros que me comovem não tem lágrimas.

==


Quando não conseguimos por nós mesmos, a própria vida encarrega de se complicar, pois ela exige vibração para o homem não morrer da paralisia do tudo estar em paz.

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Acho que no metro quadrado das igrejas e desses templos que vemos por aí é o que mais aglomera hipócritas, mentirosos, ambiciosos, enfim, os grandes filhos da puta.

==

Com quem você pode conversar desarmado? Pois é, só esses são seus amigos, mas lembrando que você anda mais armado que o outro.


O outro defende de você, mas na sua cabeça, o portador do revólver e o outro.

terça-feira, 18 de outubro de 2016

Há quem dê sinal de vida ainda e até se mexe, mas já abriu mão de amar e ser amado. A decomposição em vida desse filho da puta deixa qualquer ambiente podre e com o mesmo ar que ele respira.

O pior defunto que tem é aquele que não foi enterrado ainda.

==

Você, que mexe, respira, não abre mão de viver, mas sequer tenta amar um moribundo que jaza, pode até ter uma vida mais longa, mas depois vai direitinho para o inferno.


segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Passear nos outros o dia todo e voltar para o seu cantinho que é o mundinho que renova a vontade dos passeios do dia seguinte, pois não é?

==


Esconder a cicatriz do rosto é fácil, porque o que parte é o coração, mas todo mundo já quebrou a cara um dia.

domingo, 16 de outubro de 2016

É ou não é, mas inventaram o é mas não é, o é e não é, não é?

==

Um é analfabeto porque não sabe ler, o outro é analfabeto porque sabe, mas não ler.


De que adianta saber apenas que não pode pisar na grama?

sábado, 15 de outubro de 2016

Se a vida não lhe exigiu aprender nadar e a ponte está toda danificada, quase caindo e agora só tem vida de verdade do outro lado do rio, você terá que arriscar, não tem jeito.

Nem todos encontrarão uma ponte velha para ter a chance de uma nova vida.


==


Se o grau de comprometimento for baixo não compensa relacionar.

sexta-feira, 14 de outubro de 2016

Como um peixe, livre no rio onde nasceu, quer saber e conhecer a máxima liberdade de um marzão que tanto falam por aí, e que não sabe que lá poderia morreria nas águas salgadas, há também algumas pessoas que se perdem em busca de aventuras em mundos mais amplos. 

Pessoas que podem até ficar salgadas ou morrerem, mas que abriram mão da limitação e da previsibilidade do mundinho normal, mas preferem o risco à serem comidos pela rotina enfadonha, mesmo sem sal, juntos como os que ficam.

==

Fabricaram um troço lá que faz um ponteiro locomover pra frente e daí em diante começaram a dizer que o tempo passa.


Quer dizer então que se o ponteiro locomovesse pra trás, o tempo também voltaria?

quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Só o que não foi por um triz ou por sua culpa é que frustra.

==

Queixamos da mesmice e odiamos fugir da rotina e dos velhos hábitos.

quarta-feira, 12 de outubro de 2016

A criança foi a maneira que Deus usou para tentar disfarçar sua presença por aqui.

==


Uma criança e um cachorro me faz acreditar que o amor puro é outro sentimento acima do que chamamos de amor.

terça-feira, 11 de outubro de 2016

O problema do amor é que ele não pode acabar.

==


De todas as certezas a que mais dói é saber que mais cedo ou mais tarde a gente vai sofrer, chorar e morrer.

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Não basta mostrar a cicatriz e bater no peito com orgulho que sobreviveu, é preciso saber a causa que gerou o confronto responsável pela ferida.

Antes morrer numa luta nobre do que sobreviver numa batalha onde o confronto foi só de covardes.

==

Às vezes nem dói tanto como você imagina, mas como não sabe de dor, acha que está doendo demais.


Às vezes dói mais do que você imagina, mas você acostumou com dores.

domingo, 9 de outubro de 2016

Você vive nesse instante e promete amor para amanhã?

==


A vida é curta demais para perder tempo com moralismo barato e clichês.

sábado, 8 de outubro de 2016

Porto seguro pra quem? Só se for para os estivadores, pois para os navios é como morrer, navegar é que é viver.

Você não é um navio no porto, é?

==


Se todos que jazessem fossem sepultados, mas não, considera-se vivo quem mexe e o coração bate. Que sorte a sua, hein!?

sexta-feira, 7 de outubro de 2016

Arcar com as consequências? Como assim? Então eu tenho que não fazer e viver uma vidinha medíocre?

==


Por mais que falemos que não é bem assim, é, pois temos que fazer escolhas em detrimento de abrir mão de várias coisas que não queríamos.

quinta-feira, 6 de outubro de 2016


Às vezes a gente promete eternizar aquele momento que chamamos de amor e a outra pessoa perde o encanto com a gente ali mesmo.

Há momentos físicos tão bons, que parece amor.

==

A gente não tem que tolerar pessoas chatas e complicadas, mas a gente tem que evitar estar num ambiente onde eles são detectadas.


Se não tiver jeito, esteja, mas se apresente invisível.

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Amar e relacionar por um bom tempo é misturar almas e quando a pessoa se vai, o que fazer para conseguir viver desintegrado de o que era tão importante em nós?

==


Quem quer convencer um feio que não se acha feio que ele é feio é um ser humano muito feio.

terça-feira, 4 de outubro de 2016

As pessoas amam e odeiam e como elas não andam muito amável ultimamente...

Isso vale de você para você mesmo. Fugir para onde?

==


Um livro em casa, depois do cachorro, é o melhor amigo, mas, em se lendo. Se assim não for é como ter um cachorro de porcelana.

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Esperar ficar bem velhinho para dizer: “ Eu deveria ter feito”?

Você não está velho o suficiente para não poder fazer mais. Faça!

==

Psicologia, psiquiatria, terapia e uma sensação de melhora com relação a isso e aquilo, mas...


E aquela coisa inominável, inexprimível, silenciosa e escondida que impede você de viver de verdade e de pedir socorro?

domingo, 2 de outubro de 2016

E quando alguém, vivo, resolve morrer pra ti, e nesse momento perceberes sua incapacidade para chorar o defunto numa boa?

==


Lá pode não ser melhor, ma vido da novidade do desconhecido. 

sábado, 1 de outubro de 2016

O segredo da felicidade não é se encontrar, é se perder. Somos cheios de nós demais. Nós somos o problema para nós mesmos.

==


Fazer tudo certinho para evitar imprevistos mas sabendo que a vida lateja é nos contratempos?