sábado, 8 de outubro de 2016

Porto seguro pra quem? Só se for para os estivadores, pois para os navios é como morrer, navegar é que é viver.

Você não é um navio no porto, é?

==

Se todos que jazessem fossem sepultados, mas não, considera-se vivo quem mexe e o coração bate. Que sorte a sua, hein!?

==


Caindo aqui, caindo alí, mas sempre reerguendo e se deixando levar pela fantasia, mas um dia caiu na real e daqui de baixo se ouve choros dele ecoando de tristeza do mundo real lá de cima.

==

A gente pensa que aguenta sempre e que é autossuficiente, mas não, o trem é acumulativo. Chega num ponto que você desaba.

==

Nenhum comentário: