quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Sempre cometeremos alguns estragos, Com a gente mesmo e com os outros. Acho que na estrada comum todos tem que andar, mas não se arriscar também a se perder noutro caminho é morrer sem graça demais.

==

Os esquecimentos estão guardados numa caixinha fechada, mas estão lá.

Não dói mais, mas incomoda um pouco ainda.


Esquecer de verdade é raro e é um prêmio advindo de uma vitória que não sabemos.

Nenhum comentário: