quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

...E muitos, delineados pela imagem criada por outras pessoas, acabam por se tornar a figura imaginada e nessa perda de identidade corresponde a expectativa criada, transformando-se num fantasma gente boa, tipo gasparzinho.

==

Pra quem morre em vida, sim, mas para quem não, não.A morte só prova ou não sua existência nesses casos.


Nenhum comentário: