quarta-feira, 9 de março de 2016

A prova que a felicidade é uma questão de temperamento é que as vezes temos todo o material para ser e não conseguimos.

==

Comedido e educado, agrido-me; solto e sem limites, agrido-te. Eu ou você? Eu não posso me evitar e não tenho limites. Melhor você ir.