quinta-feira, 4 de agosto de 2016

Há os que jazem insepultos, como zumbis, mas com jeitão de vivo também querem comer nossos cérebros.

==

A gente não insiste porque sabe, a gente insiste porque espera no mistério, o paraíso.

==

Minha nossa, como gosto dela!
Minha nossa não, minha minha.

==

A gente nunca sabe da limitação de ninguém.

Chore, mas perdoe, as pessoas não são ruins, elas só não conseguem pensar e absorver como você.

==