domingo, 28 de agosto de 2016

Uma mulher nua que se dispa de si e de tudo mais é o que quero.

==


Não é que me falte as palavras, é porque não tenho nada a dizer. “Sinto” muito, falo pouco.