domingo, 8 de janeiro de 2017

Criamos um monstro violento e implacável. Somos derrotados pelo poder destruidor de nossa imaginação.

==


A imobilidade, a falta de batimento cardíaco e o fim da respiração geralmente determina a morte, mas quantos jazem fazendo o mesmo caminho, respirando com indiferença e com o coração num só ritmo, numa rotina sem graça?

==


Último suspiro não foi leve, a morte agonizante pela certeza de tantas coisas que ficaram por viver.

==

Verdades inexpressivas e maldosas, mais prejudiciais que a própria mentira. Franqueza? Fraqueza!


==

Nenhum comentário: