sábado, 11 de março de 2017

Eu quero ser a esperança que não parecia mais existir.

==

O indivisível é meu e seu.

==

Pois é, nem fui lambido nos beiços, mas apareci para matar a fome daquela miserável.

==


Tudo é perecível ou insípido para amanhã. Não? Talvez, mas hoje teria gosto de melhor!

Nenhum comentário: