segunda-feira, 8 de maio de 2017

Conviver com alguém que você sabe que só conta até três, dez?

==

Se nunca fluiu foi só uma tentativa de amar, mas se fluiu um dia, o amor pode até cansar, pois o processo para novas vibrações, desgasta, mas não morre fácil. O amor estaciona e não acaba. O coração e (é o) motor. Tá ligado ?

==

É preciso florescer. Esperar por alguém? Sempre é bom, mas é melhor ir se regando.

==

Ventilador ligado aqui. Eu, sem camisa, barriga em frente.

Saudade de um tempo em que algumas pessoas me davam um friozinho por lá.

==

Quem é intenso ama muito, mas fere muito. Se entendessem isso, talvez as pessoas não optassem por quem ama pelas beiradas e importa pouco.

==

Alguém errou, mas você foi conivente. Não perdoar e não fazer sacrifício é fácil. O amor não existe pelo seu medo e incapacidade de entender o erro do outro. Você se vitimiza e ponto final.

==

A gente tem uma sensação de abandono, mas no fundo sabemos que não. Não temos tanta sorte. Temos com quem interagir, ainda que não quiséssemos.

==

Pedido de ajuda, deixar claro que não preciso de solidariedade, apenas literatura, humor, transbordamento, interação. Postar aqui é qualquer coisa que vocês pensem, mas nunca deixará de ser uma forma de eu socializar, já que pessoalmente sou um tanto quanto arredio.

==



Nenhum comentário: