terça-feira, 23 de maio de 2017


Ele tão insensível e até certo intransigente e ríspido. E ela se mantinha ali pertinho e até certo ponto meiga, solícita e achando tudo normal, mas ele enganou e abusou. Ela não ia porque se um dia fosse, não voltaria nunca mais. Foi o que ela fez. E ele não pôde, sequer, reconhecer e pedir desculpas por todas as mágoas que causou. E isso, gente, dói, dói muito, dói quanto a saudade.

==

Psicologia? Terapia? Por que?

O que sentimos e não dizemos? Sufoca, estagna, prende, paralisa e até mata.

==

Ninguém falou ou me lembrou de primavera, então eu floresci antes da hora foi isso?

==


Sabe o que era imprescindível e sua idiotice achava que era tanto faz?

==




Nenhum comentário: