segunda-feira, 1 de maio de 2017


A sequidão da desesperança é forte. Nem todos conseguem chorar.

==

Eu era grande, barulhento, salgado, mar,
Ela rio, silenciosa, doce.
Desaguou em mim.
Dessalinizei,
Amei.

==

A gente vive umas coisas tão boas, tão boas, tão boas, tão maravilhosas, tão maravilhosas, tão maravilhosas, depois acaba e a gente não suporta a saudade e acha que nem deveria ter vivido aquilo para não sentir aquela dor. Ingratidão não, é não saber suportar a dor desse doer.

==


Que contamina, contamina, mas o que fazer com essas amizades que não obstruem desejos físicos?

==

Há tanto para se viver. Chorar por que?

==

O vento que passa aqui vem de lá.
Cheiro dela no ar.

==

Quero morrer com classe, feito as folhas das árvores, parecendo dançar feliz da vida ao sopro do vento, já desgarrada de o que lhe dava vida.

==

Se acha que o sofrimento de agora não é o último. Parabéns. Você é otimista!

==


Não tem que pensar não. Tem que invadir e depois de lá dentro vê a reação do outro.

==


Muitos chegam, mas só pelas beiradas. Isso é virtualidade, porra!

==


Tem gente que trata, mal, mas trata,. Eu não trato ninguém!

==


Abrace forte. Alguém disse que isso junta cacos e refaz alguém.

==

Se o meu "normal" é falar, sorrir, brincar e agora estou sisudo e quieto e não dei a mínima para a sua solidariedade, por favor, não tente ser camarada demais, não insista. Por favor, não insista. Porra, caralho, mesmo sendo meu amigo, não insista, não insista. ME ERRA PORRA, VÁ TOMAR NO SEU CU!

==


Ou enche (meu saco) ou me esvazia. Melhor eu ir embora!

==

As pessoas nos trocam por outras. Ofendidos? Não! Deveríamos receber trocos, mas..tudo bem. Deixemos pra lá!

==


Eu já fui aquela pista que ostentava o pouso dela, aquele Boeing 747 que descontrolava qualquer radar e que me deixava louco de paixão, mas que depois da última decolagem fez tudo ir pe
los ares e nunca mais voltou.


...Mas pista vazia há muito tempo, ouço sobrevoos de teco-tecos que ainda não ousaram aterrissar para me tirar da solidão. E eu doido que um deles pousem para me sentir ainda aeroporto de amor.

==

Que nunca sejam esquecidos aquelas emoções e amores antigos, pois está acima de nossa vontade, mas que nunca paralisem atitudes e novas motivações, para, lá na frente, termos novas saudades.

==

Qualquer música me lembra você. Não importa a letra e o ritmo, pois bato o pezinho e cantarolo você do mesmo jeito.

==

Talvez se encontrássemos alguém que não teve tanta aventura e que absorveu pouco o passado, alguém sem dores velhas, mas na nossa idade vamos encontrar alguém machucado como nós e vamos viver de lamber feridas e pouco de amor.

Mas...espera aí, talvez essa seja a definição de amor.

Lamber as feridas, não as próprias.

==

Olha, descobri algo importante. A gente vai afastando, ainda que sem querer, até de quem gosta da gente. É imperceptível. A solidão é sorrateira.

==

Tudo que foi tinha que ter sido, mas e essas coisas que não querem deixar de ser?

==

Ama mesmo é quem estar disposto a quebrar a rotina de alguém e saber que terá que segurar a onda.

==

Não importa se é pra dar errado, mas tem gente que faz a gente tentar. Isso é o suficiente.

Nenhum comentário: