segunda-feira, 1 de maio de 2017


Ou enche (meu saco) ou me esvazia. Melhor eu ir embora!

==


As pessoas nos trocam por outras. Ofendidos? Não! Deveríamos receber trocos, mas..tudo bem. Deixemos pra lá!


==



Eu já fui aquela pista que ostentava o pouso dela, aquele Boeing 747 que descontrolava qualquer radar e que me deixava louco de paixão, mas que depois da última decolagem fez tudo ir pe
los ares e nunca mais voltou.


...Mas pista vazia há muito tempo, ouço sobrevoos de teco-tecos que ainda não ousaram aterrissar para me tirar da solidão. E eu doido que um deles pousem para me sentir ainda aeroporto de amor.

==


Talvez se encontrássemos alguém que não teve tanta aventura e que absorveu pouco o passado, alguém sem dores velhas, mas na nossa idade vamos encontrar alguém machucado como nós e vamos viver de lamber feridas e pouco de amor.

Mas...espera aí, talvez essa seja a definição de amor.

Lamber as feridas, não as próprias.

==





Nenhum comentário: