sexta-feira, 23 de junho de 2017


É você que fingiu que foi ou eu que não soube de desapegos necessários?

==

...E eu que deveria saber pingar amor sobre as pessoas, mas não, inexoravelmente sou temporal e enchente para quem não sabe comportar enxurradas de sentimentos.

==

Achei que meu coração era suicida, mas depois percebi que viver morrendo de amor é o melhor meio de prolongar a vida.

==

O ser humano é vulgar, chato, cheia de picuinha, barulhento e sem musicalidade. Eu não gosto de gente.

==


O meu temperamento eloquente, minhas atitudes, meus gestos e a passionalidade na maneira de expressar o que sinto dão sempre a impressão de que relacionar comigo pode ser inseguro e frágil, mas quem insiste viverá um amor verdadeiro, por pouco tempo nunca se sabe, mas vislumbrará a possibilidade do para sempre.

Nenhum comentário: