quarta-feira, 7 de junho de 2017

Está faltando pequenos gestos, tão vitais para um massageamento necessário do nosso ego tão carente.

==

Até quando você chorará dores tão doídas de amores que deixa ir embora por puro capricho e insegurança?

==

Querendo manter um “ar” de superioridade, você se fecha, se torna agressivamente defensiva e não usufrui das sagradas, profanas e necessárias tolices que lhe faria muito feliz, doutora.

==

Não é o que diz ou pensa ser, mas nem sabe mais o motivo de continuar agindo assim e agora deixa de sugar a seiva da vida para manter a postura vendida?

==















Nenhum comentário: