segunda-feira, 5 de junho de 2017

Sem amor, já era.
Numitoke, japinha!

==

Te sinto presente!
E eu estou aí. Pressente?

==

Ah, não deu, não deu e a gente tem que partir para outra e tentar de novo.

Ah, moça, a vida é pra gente ser doidão e felizaço mesmo.

==

Pô, véio, vai atrás de ninguém não. Quem foi por ir, volta. Quem foi pra ir mesmo, foi. Fim de papo.

==


































Nenhum comentário: