segunda-feira, 31 de julho de 2017

...Aí sabe, eu tive que concordar com as pessoas que calculam riscos e fogem quando percebem que não iriam longe, pois quem fazia como era fadado a quebrar a cara; e nem sempre pelo comportamento do outro, mas pela própria imperícia de lidar com uma presença física mais direta e consequentemente com os problemas compartilhados.

==


...Aí sabe, eu tive que concordar comigo mesmo de crer que, apesar da imprudência da pressa, é preciso sim ter a confiança em si e no amor do outro e correr atrás do ideal, que é uma vida em comum, com sentimentos, vibrações e da sensação maravilhosa da troca de almas. E em nome dessa coisa linda sonhada acreditar no encontro de leveza e paz ainda sabendo que a gente é joguete das fantasias amorosas.

==

Dizem por aí que temos que fazer o que se deve; eu lhe digo para fazer o que gosta e o que quiser, pois vou lhe contar algo que você sabe e esquece sempre:

Você morrerá no final!

==

Você é o que lhe tornaram, mas morrer sem ser você pode ser não ressuscitar nunca mais.

==











Nenhum comentário: