terça-feira, 11 de abril de 2017


Ainda com um sorrisinho maroto demonstrando que está tudo bem só para afastar gente curiosa que quer saber de pormenores de sua vida, né?

==

Aí você diz para todos que com fulano você está bem melhor e enxerga a vida por um prisma mais bonito e promissor. Culpa toda a infelicidade de até agora há pouco por ter relacionado com Sicrano.

Não foi fulano que fez você enxergar a vida por um prisma mais real e bonito, foi você que amadureceu. Sicrano? Apenas encontrou você imatura ainda.

==

Quer perder tempo, algo ou alguém? Espere as coisas se assentarem.

==

Você também não faz, por que o errado é o outro?

As pessoas andam com muito medo de relacionar e nós também, mas o que fazemos? Criamos fantasmas e atitudes covardes ou idiotas que, lógico, dá certeza o outro que o melhor a ser feito é correr de nós mesmo.

Nós colocamos tudo a perder e precisamos do outro para consumar o fato e para ter a quem culpar, claro.

==

Não “enzebre”, pois a selva é de leões.

==

É você que coloca o rabo entre as pernas e sente acuada. Quem te circunda agora, no mínimo deveria ser mais sensível, perceber e lhe ajudar, mas não é o responsável por isso. Isso vem de longe. Atente-se.

==

Ninguém tem tudo, pois vejo todo mundo reclamando dessa falta de “não se sabe o que”.