segunda-feira, 1 de setembro de 2014


Não temos o tempo que achamos ter. Se fôssemos inteligentes e corajosos não deixaríamos nada para depois.

==

Quer namorar e ... ? Sexo-intencionado não, prático e objetivo. Comigo é sessenta e nove ou noventa e seis. Oito ou oitenta? Que seja então.

==

Existir é pouco,
Podemos até hesitar,
Mas que excitemos e
Extasiemos, né?

==

Você foca demais nos pensamentos e às vezes demora demais ruminando verdadeiros absurdos. Cuidado!

==

Se eu não sofresse de hipopotomonstrosesquipedaliofobia eu ia criar um palavrão para combinar como o tamanho do meu amor.

==

Com racionalidade e bom senso se chega aonde chega muitos, mas há de se consumir algo que desvarie e enlouqueça para explorar o lugar convidativo, mas misterioso demais para se chegar normalmente.

Coragem, inconsequência, muita paixão e adrenalina, pois assim é o espírito de quem arde em si, mas não se queima, porque não vive sem turbulência e coisas que verdadeiramente movimenta a alma.

==

Sabemos exatamente do que rimos, mas nem sempre sabemos por que choramos, mas choramos. O choro é vital, por isso mecanismos alheios ás nossas compreensões, fazem com que derramemos lágrimas que preserva vidas.

==

Ponto fraco? Não!

Todo frágil! por isso apaixonado e inquebrável.

==

Tem coisas que planejamos e lutamos para conseguir, mas coisas maravilhosa como a inez pelada é boa demais.

==

A vida é um perde e ganha e depende para cada pessoa o que é ganhar e o que é perder, mas mesmo assim não deixa de ser algo matemático. Prudência!