segunda-feira, 15 de setembro de 2014


Destaca na vida quem é feliz, mas você preferiu status e reconhecimento, não foi isso, professora, pedagoga, diretora, superintendente, prestigiada, infeliz.

Ainda dá tempo, aposente com felicidade e não com honrarias, senhora.

==

Adulto quando solta pipa é melhor que menino. Quem voa é ele.

==

Sair de dentro de si. Amar aqui fora. Por que apodrecer?

==

Alegria parecia que iria reinar de novo, mas não. Ledo engano. Ela veio fazer as malas.

==

Você decidiu amar as pessoas que estão distantes e que não lhe querem tanto assim, mas será que tem consciência desse masoquismo adotado?

==

A gente subestima a dor que surge do final de um relacionamento. Não pense que a dor do primeiro amor será sempre a maior. A gente sabe que vai doer, pois já passou por isso antes, mas nem imagina o quanto será igual ou pior.

==

Se ver só, sem aquele amor que outrora foi tão maravilhoso, nesse estradão dessa vida, é desalentador. Não dá vontade de prosseguir, mas dizem que é nela, lá na frente que tem outro amor bonito nos esperando, portanto, ficar é suicídio.

==

Tem coração despedaçado por falta de amor ou por não aceitar receber só um pouco dele, portanto, se não consegue amar muito, deixa o outro quieto.

==

Futuro? Que é isso, pelo amor de Deus? A vida é agora! Hoje é o futuro de ontem! Amanhã? Ninguém sabe, ninguém viu e milhares nunca virão.

==

Você vem fazendo o que é obrigado a fazer, você não movimenta com autonomia e não vem gozando a vida. Por que suicidar alma e sem morte física jazer para a vida?