segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Só viveu de verdade quem nunca deixou acabar em si, o desejo e a vontade de fazer o que imaginou ou idealizou.

Mal-aventurados os que jazem insepultos!

==


Um toque de campainha ou de telefone na sua casa representa sinal de boa companhia? Se não, está na hora de você se livrar de pessoas que não lhe acrescentam nada, não é?

domingo, 29 de novembro de 2015

O problema não é o outro, o problema é você mesmo. O outro foi apenas alguém parecido com você, apenas o canal de onde desencadearam todas as suas frustrações.

==

E quando percebemos, no outro, gestos horríveis que revelam fraqueza, covardia e injustiça e sabemos no nosso íntimo que também agimos igual?

sábado, 28 de novembro de 2015

Somente para o marido? Só mente!

==

Se for o marido, melhor, mas a mulher pertence ao homem que sabe amá-la.

==

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Tem que mexer no fundo para procurar um amor escondido, sim. Há pessoas que são passionais, mas não sabem transbordar o sentimento junto com a eloquência.

==


Danço conforme a música, mas a que me agradar. Por que trocar as pernas num ritmo que não me convidou para movimentar?

quinta-feira, 26 de novembro de 2015


A alma é ferida de vez em quando, mas quando temos o amor, ele escorre em cada corte que recebemos.

==

Prefiro um porto alegre e você? Um porto seguro?

quarta-feira, 25 de novembro de 2015


Paixão é um amor que teve um milhão de votos, mas não foi eleito pelo coeficiente eleitoral, entende?

==

Eu não espero nada de quem eu não incito.

terça-feira, 24 de novembro de 2015

Chega de porquês, porque a vida é, só por isso. 

==

Todo novo horizonte é belo, porque a novidade é o que importa.

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Sem aves marias, pais nossos, cantos, pregações e igrejas, apenas sentir Deus, pode ser?

==


Já sou aceso e sei acender uma mulher, o que quero mesmo é ascender e ser ascendido. Quer vir para queimarmos no fogo essencial, moça?

==



domingo, 22 de novembro de 2015

Tá ficando morno e sem intensidade. Horar de assoprar essa brasinha que morre de tristeza, pois quer mesmo é ser cinza de um amor bem queimado.

==

As pessoas colocam palavras pesadas para fazer o que não tem direito: Julgar alguém. Enquanto o grande amor não se faz é normal que várias tentativas sejam feitas. Prostituir? Promiscuir? Palavras que denominam quem faz sexo por dinheiro ou por fazer. Não denomina quem, apesar de fazer sexo também, deseja muito que o amor surja.



sábado, 21 de novembro de 2015

Até não brotar o amor, o feio é feio.

==

Você se auto denomina como uma pessoa esperançosa, mas será que sabe que apenas usa essa palavra ou troca por uma que atende por resignação para encobrir o que você é de fato: Covarde!?


Vida plena pra que, né, se você vive uma que não faz tão bem, mas não mata?

sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Como quem não faz nada, você golpeia sutilmente e vai alternando entre um carinho sem entrega verdadeira e um gesto grosseiro. Qual é o seu problema?

==


Às vezes compreender é não compreender e se fazer de compreendido, pois alguém pode não compreender a nossa incompreensão.

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Se não sabe a letra, cante a melodia,  mas ser musical é importante.

==



Até ali tem o previsível e o já conhecido. Você vai além?


Você é o famoso “zé-já-ouvir-falar”?

quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Pode ser que você chegue do outro lado, pode ser que não, mas você tem que entrar nesse barco furado e arriscar a travessia nesse rio abissal. Você quem? Você que se dispôs a amar!

==

Uma cachorrinha me ama. Um amor puro. Ela balança o rabinho, ela morde devagar, ela lambe, ela demonstra felicidade. Uma cachorrinha faz a vida ter sentido pra mim.

==

terça-feira, 17 de novembro de 2015


Há relacionamentos e relacionamentos. Ela passou na minha vida, mas deixou um pouco de sua alma que já se misturou com a minha. Acabou, mas nunca acabará. Fica uma promessa no ar. Futuro, mesmo sendo a vida só o agora? Não sei. É um turbilhão de sentimentos.

==


O útero expele, a flor desabrocha, o suor elimina dejetos de nitrogênio. Só sua alma pode ficar sufocada?

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Sempre estou em processo e você não gosta do que não é ainda, é isso?

==

Palavras ásperas e gestos grosseiros têm um poder devastador de destruir um sentimento. Você, ao agir assim, estará preparado depois para conviver com a ausência do que destruiu?

domingo, 15 de novembro de 2015

Quem entra em conflito e erra porque ama demais tem que ser acolhido, perdoado e disciplinado.

==

Trovoadas e trovoadas e tão pouca chuva; puns e mais puns e nada de evacuação, muita água e pouco potabilidade...

Você vem cochilando tanto, mas ainda não dá para acreditar no sono, né?

Evidências são evidências, mas... E os fatos?

sábado, 14 de novembro de 2015

As calças estão cada vez mais justas; as causas, não.

==

Achava que a própria idade em si imporia comportamentos mais tradicionais e que as coisas se ajeitariam, mas não, depois dos cinquenta o que chegou foi mais vontade de arriscar e de fazer, aumentando assim prazeres e problemas.


==


sexta-feira, 13 de novembro de 2015

Você e o outro até onde der, mas você com você é até o fim.  Só você tem que se tolerar. Estejam em paz!

==

Quantas pessoas sofrem por coisas estranhas e dizem por aí que sofrem por amor.

Relembrando uma música, eu diria: Estou falando de amor e não da sua doença!

quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Debaixo da ponte se preciso for, mas com, não por causa de uma mulher, certo?

==

O que parece ser apenas o restinho do que sobrou de mim é a célula-mor energizada que me refará imbatível.

quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Sua liberdade é concedida por quem?

Pois é, então porque você não se solta?

==

Bom senso? O que existe mesmo não é a tentativa de ser feliz?

terça-feira, 10 de novembro de 2015


Se eu preocupo com a cara feia marcada de cicatrizes? Preocuparia se não houvesse mais espaços para novas feridas, mas dizem por aí que quem não desiste do amor encobre dores velhas, portanto sempre haverá espaço, né?

==

Temos que ser pioneiros, criar a estrada e fincar a bandeira da consagração.

O inexplorado e o inédito fascinam.

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Que sua companhia seja de poucos, não importa, mas que não falte você pra você mesmo.

==

...E chega o momento em que não dá mais para suportar a rotina, a mesmice, as mesmas pessoas, o mesmo itinerário e outras coisas. Resta agora saber se serei capaz de me suportar noutra atmosfera e se irei sobreviver fora da segurança do mundo limitado e vazio que acostumei até agora.

Vou embora não sei pra onde, mas vou.


E você, tem coragem? Tem irresponsabilidade o suficiente para encarar o desconhecido, de viver à deriva e sem pensar nas pessoas que você deixará sem aviso prévio?

domingo, 8 de novembro de 2015

Você é tão apaixonado pela que há de vir que ás vezes joga fora a chance de viver o que foi lhe dado agora, não é não?

==

Por que choro?

Porque não sou blindado!

sábado, 7 de novembro de 2015

Acordar todo mundo acorda, mas poucos têm satisfação de sair da cama e movimentar corpo e alma.

Para você, o amanhecer e o despertar são convites para o prazer?

==

Entre velas, no escuro imposto pela queda de energia, a televisão não funcionava, deixando aquele casal na penumbra, sem o entretenimento que encobria a indiferença que existia, deixando claro que os dois também já estavam desenergizados, sem forças para depois, na luz da verdade, continuar com algo que já tinha acabado.

sexta-feira, 6 de novembro de 2015

Era uma vez uma mulher que esperava um “grande amor”, mas sempre achava que ele era sempre o que estava por vir, aí passou em brancas nuvens sem se entregar por inteira, sem se doar de verdade, o que a fazia não viver nem ao menos os “pequenos amores”, jazendo sem perceber que cada pequeno amor poderia ter sido o que tanto desejava.

Você não está vivendo como essa mulher, né?

==

Nos recônditos de todos nós existe um demônio que precisa ser exorcizado.

quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Apenas um novo corte de cabelo e uma roupa mais moderna, mas muito do seu ser não desenvolveu. Você ficou antigo, estereotipado, repetitivo, neofóbico e viciado. Você precisa livrar da dependência da droga da mesmice. Morra, renasça e conheça uma vida mais intensa que lateja aqui fora. Não seja pego de supetão e morra morto como está agora.

==

A gente é dócil e terno com quem não esperamos nada. Seria a falta de expectativa a melhor coisa para um bom relacionamento?

quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Chega uma hora que não dá mais.
Conformismo?
Entendimento!

==

Quem sabe esse amor não morreu, quem sabe foi apenas uma catalepsia que veio para assustar e fazer você pensar menos e amar mais?

==


terça-feira, 3 de novembro de 2015

Quando eu via o carteiro ficava com o coração batendo forte imaginando que podia ser uma carta da namorada, hoje não dá pra sentir mais nada. A gente sabe que carteiro só entrega conta, conta e conta.  A internet facilitou, mas esfriou tudo.

==

O aquário que você vive é todo decorado, cheio de pedrinhas e oxigênio e eu lhe oferecendo um amor oceânico, né?

==


segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Não que o que é não seja, mas há olhares mágicos.

==

Hoje em dia não se faz mais ferida que é curada com mertiolate?

Ainda existe mertiolate? 

==

domingo, 1 de novembro de 2015

É preferível chorar lágrimas com sabor de quem amou e perdeu do que lágrimas insípidas do que poderia ter sido.

==

Quem ama e perde, chora e dói, mas quem não amou dói muito sem chorar, não é?