quinta-feira, 2 de junho de 2016

Será que há pessoas que não passam mais pela nossa cabeça e a gente pensa que esqueceu, mas na verdade elas estão instaladas quietinhas lá no nosso coração?

==

Não adianta recomeçar e reconstruir se a outra pessoa não quer mais ficar debaixo de sua construção, ainda que nova e aparentemente mais sólida. Melhor acabar de destruir o que ficou e recomeçar só.

==

O “mais ou menos”? E a plenitude, João-vai-que-piora?


==

Tem saudade que fica guardada para ser sentida depois.


==