sexta-feira, 17 de junho de 2016

Não sei definir o caráter de quem não tem a capacidade de pequenos perdões.

==

Cada pessoa é um mundo? Um mundo particular, pois ninguém fala mais nada.

Cada pessoa é um mudo!

==


Pois é, eu sei que sempre acostumei com você em preto e branco, mas ando maravilhando com muitas cores. E agora?

==


O meu silêncio dizia que amava você, mas você absorveu como indiferença de minha parte. Ambos erramos. Eu, por às vezes não dizer em alto e bom som desse amor; você, por conjecturar e confiar além do que devia na sua absorção.