terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

No fim das contas, contas novas. Renovação para endividar e viver. Em dia vida e amor.

==

Sim, você pode andar de lá pra cá, de cá pra lá, comer na hora quem quiser, pegar um solzinho ao bel-prazer, mas você está engaiolado é em si. Perdoe-se. Sua prisão não é perpétua. Destranque-se. Viva!

==


Soltemos foguetes e comemoremos um belo amor que não tinha que ser eterno, mas que foi fundo e teve a capacidade de tocar nossa alma e nosso corpo.